Thoughts

domingo, 30 de junho de 2013

Via Pinterest

Hoje está bom para...

domingo, 30 de junho de 2013


Comer um geladito!



Eu escolhi um Calipo de morango! Adoro...e sim, eu sei que é só gelo e açúcar...mas estou-me nas tintas :)

O Justin Bieber está a destruir o mundo!

domingo, 30 de junho de 2013

Acho que já disse isto algumas vezes, mas não consigo perceber a panca com o Justin Bieber! Não só tem cara de puto que bebe leite com chocolate pelo biberão, como é convencido (o que para mim é logo uma cruz do tamanho da península ibérica!) e, ainda, as músicas dele são uma merda! Mas alguém tem paxorra para estar 3 minutos a ouvir "baby, baby. baby"...non-stop? Essa musica dá-me arrepios de tão péssima que é! Qualquer dia o gajo arrota para o microfone e é considerado música!

Eu até percebo que quando se tem entre 11 e 14 anos, somos inconscientes e temos desculpa para admirar estes pirosos sem talento, mas o pior é que vejo mulheres da minha idade a dizerem que adoram o JB! É nestes momentos que perco a esperança na Humanidade! Nenhuma mulher que se preze acha aquele cagalhoto minimamente interessante...em NENHUM sentido!!! Mulheres deste mundo...ACORDEM PRA VIDA! Quem é que vai perder tempo com aquele imberbe quando tem o Ryan Gosling, o Leonardo DiCaprio, o Michael Fassbender, entre outros milhões de homens mais interessantes para admirar? Eu cá não, obrigadinha! Tenho olhos na cara e ouvidos...e um cérebro a funcionar como deve ser!

Mas acho que o pior de tudo é quando se chega ao ponto da total cegueira e fanatismo sem limites. Ora vejam este vídeo do JimmyKimmelLive e pasmem-se com as aberrações que são proferidas por estas teenagers inconscientes (ou simplesmente estúpidas como um calhau!):




Nunca imaginei que chegasse a este ponto, mas a pitalhada (e outras não tão pitas) estão loucas e  completamente cegas com aquele gajo ao ponto de o desculpar na eventualidade de ele espancar a avó! "Ah...o nosso bieber deve ter tido um bom motivo para bater na avó!". Espero que nenhuma destas pitas chegue a juíza...o mais provável é acabarem todas no Wallmart (aka LIDL lá dos States), mas nunca se sabe e é um risco que a humanidade em geral não pode correr! 

Por isso, cabe aos pais desta gente inverter a situação apocalíptica (enquanto estão a tempo), e de lhes dar umas boas sovas naquelas caras estúpidas, boicotar por completo o JB lá de casa e obrigá-las a ler clássicos da literatura para se cultivarem e ver que o mundo é muito mais do que uma merda de música "baby, baby. baby" cantada por um puto sem grande talento. Como diz o Bruno Nogueira "o mundo é bué cenas!"...e realmente é! Felizmente!!!

É por estas e por outras que, hoje em dia, é um risco ter filhos...por muito bem criados que sejam, podem vir a ser vítimas da estupidificação que estes pseudo-cantores promovem. ME-DO! MUITO ME-DO!

Disney Quotes

quarta-feira, 26 de junho de 2013


Aprende-se imenso com desenhos animados! É um facto!

Source: 9gag

A Felicidade é...#3

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Source: Felicidário

Adoro peixe e em especial sardinhas! Adoro esta época do ano em que a cada esquina lisboeta há sardinha no pão à venda, mas para minha infelicidade não dá para ir enfardar à grande (como eu gosto). É que isto de cada sardinha custar, no mínimo, 1,5€ limita um bocado o enfardanço! 
Noutro dia, quando me queria atirar ao poço devido à tensão pré-menstrual, o homem convidou-me para ir comer sardinhas ao Bairro Alto, mas recusei porque não queria sair de casa e o ar da rua irritava-me (quanto mais o resto...), mas agora arrependo-me, porque ando mesmo com desejos de sardinhas. Além disso o homem ofereceu-se para me pagar duas sardinhas (a loucura!), por isso significa que o meu budget tinha aumentado. A ver se esta semana vou comer algumas, ainda que caras pra burro! Afinal, sardinhas em época de santos populares têm outro sabor e só se podem comer uma vez por ano :)

Monsters Inc

sábado, 22 de junho de 2013

Sou mega, super, hyper fã de tudo o que é bonecada e desenhos animados e como adorei o primeiro Monsters Inc, estou convencida que também vou adorar o segundo.

Estou a pensar seriamente em ir ao cinema ver em inglês (óbvio!), mas estou farta que estejam sempre a impingir o 3D, até porque é caro pra burro!

Alguém já foi ver o filme? Que tal? Contem-me tudo! Pelo trailer promete...ahahahh!!!



Phil`Osophy

sexta-feira, 21 de junho de 2013









BAHAHAHAHAAHHHHHHH!!!!

Talk nerdy to me

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Por esta altura já devem ter percebido que sou fã dos TEDTalks! Aprende-se imenso com gente inteligente...é um facto universalmente conhecido por todos, mas reconhecido por poucos.

Desta vez, este vídeo chamou-me à atenção porque fala da linguagem "nerdy" dos cientistas e engenheiros. Tendo eu um irmão que se insere nessa categoria, pois estuda Engenharia Física Tecnológica (auch!), matéria a qual não percebo a ponta d`um corno, fiquei curiosa e fui ver.

De facto, cada profissão tem a sua forma muito peculiar de comunicar. O meu irmão também se queixa da maneira "jurídica" como falo, e isso é culpa nossa por comunicarmos com pessoas das outras áreas do saber no pressuposto que elas percebem o que dizemos. Mas a solução é fácil...basta trocar por miúdos e explicar que aqueles cálculos todos servem para criar um laser ou algo do género.

Tudo se torna mais interessante quando minimamente perceptível, por isso acho que esta sugestão beneficiaria todos no geral.

Vejam o vídeo...é dos pequeninos ;)


Will you still love me?

sexta-feira, 21 de junho de 2013


Oiçam a música da Lana del Rey aqui (Adoro!)

Se o meu homem fosse o Gatsby, ele diria logo que sim porque homem mais cego por amor e leal não conheço (ainda que seja uma personagem fictícia). E no que me toca a mim, espero bem que sim, porque não sou só eu que vou ficar a parecer uma passa velha daqui a 60 anos! 

Amor daqueles que só dura enquanto a gravidade não ataca e somos jovens e saudáveis é aquele tipo de amor que não interessa a ninguém! É verdade que por vezes o amor acaba e as pessoas não ficam felizes para sempre como nos contos de fadas, mas se o motivo da separação é assim fútil, então bardamerda para esse otário que nunca soube amar ninguém de verdade. A velhice e decrepitude calha a todos os que têm a sorte de chegar a velhos e que eu saiba não é por isso que o amor acaba. E tenho dito!



Eu quero as minhas cenas!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Em quase todos os blogs onde vou cuscar, vejo sempre qualquer referência a uma cena que a/o blogger em causa tenha ganho à borla, sabe-se lá porque carga d`água.

E é assim...eu também quero! Onde é que inscrevo no clube? Ou é restrito estilo Maçonaria e só alguns é que ficam com as coisinhas boas à borla e os outros que se vão catar e se quiserem que vão comprar?
Acho mal!


É que eu também sou uma "blogger". Pelo menos tenho um blog e sou gaja (isso não ajuda?). Enfim...só sei que também quero cenas à borla (quem não quer?), mas nada de piaçabas ou parafusos! Quero cenas de gaja gaja (e sim... também podem ser tampões...sempre dão jeito!).

Por isso para todos aqueles que andam por aí a oferecer cenas à borla...passem por aqui e deixem-me coisinhas fixes tá? Eu faço a minha parte e digo que é tudo para lá de supimpa e espectacular! Merci beaucoup!




True Love

terça-feira, 18 de junho de 2013



Porque amor verdadeiro é serem os dois obesos e rebolarem juntos por aí! :)

Should I?

terça-feira, 18 de junho de 2013


É verdade que sou super romântica e idealizo cenários bucólicos na minha cabeça que sei que nunca vou concretizar, mas casar comigo mesma também ia ser um bocado deprimente. Or maybe not...lembrei-me agora daquele episódio do Glee onde a Sue Sylvester casa com ela mesma...memo à grande e toda orgulhosa de si. Talvez tenha de aderir a essa onda, já que o homem é anti-casório.

Gente à pesca

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Uma das coisas que me irrita profundamente neste mundo é gente que está constantemente à pesca de elogios. 

No meu escritório tenho duas experts nisso..."ahhh, hoje estou horrível...pareço uma múmia", só para ouvir "não estás nada...estás sempre gira!" ou então o típico "ahh...estou tão gorda!" - e deve pesar uns 50kg ou menos - , só para lhe dizerem "não estás nada...estás é magríssima, pareces anorética!". Pronto, a mulher quando ouve que está mais pro anorética ou bulímica fica toda contente...porque é muito melhor isso do que ter uns quilinhos a mais e ser saudável. 


Há mesmo gente estúpida neste mundo! Era correr tudo à chapada! Irra! E eu rodeada deles...salvem-me!

Para os homens deste mundo

quinta-feira, 13 de junho de 2013


Sábia lição de vida para todos os paspalhos que por aí andam à procura de modelos da Women`s Secret quando eles parecem o Tino de Rans.
Um bem haja aos filmes animados que sempre nos ensinam qualquer coisinha!

Sometimes I wonder...

quinta-feira, 13 de junho de 2013


Eu quero...

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Uma coroa de flores!
Não me importo que fique a parecer uma menina das alianças, eu quero...MUITO!


Lisboa em festa!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

E hoje é dia (ou noite) de Santos Populares, em Lisboa. 





Sempre gostei desta época do ano, apesar de já não ter muita paciência para me enfiar nas confusões que estes dias causam, nem de pagar 2€ por uma sardinha assada (está tudo louco?!).




Bem, mas hoje é dia de Marchas Populares, de sardinhas, de chouriço, vinho, manjericos e música pimba! E do meu evento favorito do ano...OS CASAMENTOS DE SANTO ANTÓNIO! AHAHAHA!



Todos os anos delicio-me a ver as passagens de modelos das várias noivas que entram em filinha na igreja, todas felizes e contentes por terem os seus 30 segundos de fama na televisão e um casamento todo pago. Eu sei que muito boa gente adora este evento, e não pelos mesmos motivos que eu, e que muito boa gente casa assim porque não tem dinheiro para casar de outra forma, bla bla bla! Eu percebo isso tudo e admiro a coragem desta gente de se expôr para o país inteiro num dia que, tradicionalmente, está reservado à família e amigos mais próximos. Até pode ser tudo muito bonito e poético, mas não é por isso que eu vejo. Para mim é o evento mais bimbo e foleiro do ano...and I love it! Adoro ver as fatiotas, os vestidos de noiva lindérrimos que as noivas antónias levam, adoro os copos d`água com tudo à molhada...é todo um ambiente de feira que acho um máximo e me diverte! Farto-me de rir e não percebo, sinceramente, como é que tanta gente se presta àquela figuraça...mas ainda bem, porque graças a estes noivos todos, os meus dias 12 de Junho de cada ano são sempre alegres!


É que o sonho de qualquer noiva é casar com mais uma catrefada de mulheres, numa igreja cheia de gente que não conhece, e ter de jurar votos de fidelidade em lista de espera..."somos nós agora? Não...ainda faltam 15 casais...!"...é um sonho tornado realidade! 


Enfim...para o ano há mais!

De Sevilha com calor!

terça-feira, 11 de junho de 2013

Eu e o homem decidimos aproveitar o fim-de-semana prolongado e festejar o nosso aniversário fora de Portugal. Porque não havia assim muito tempo, fomos a Sevilha que é relativamente perto e sempre tem a Isla Magica para animar a coisa. 

Lá fomos...e foi supimpa! Em termos de parques de atracções acho que na próxima década não volto a por os meus pézinhos em nenhum, mas a cidade de Sevilha é muito gira e vale a pena ser visitada. É uma cidade com um trânsito confuso, por isso se forem de carro como nós, é melhor levar gps senão perdem metade do tempo da estadia à procura dos lugares a visitar. Mas o bom é que há muito estacionamento à borla na rua e quando não se encontra, existem parques públicos cujos preços são mais ou menos a mesma coisa que em Lisboa. A cidade é bonita e muito arranjadinha - flores, árvores, paredes limpas, etc. - , mas claro que há sempre grafittis e algum lixo. Infelizmente não tivemos tempo para ver a cidade com todo o pormenor, mas acho que isso é sempre impossível. De qualquer forma lá fomos aos spots mais turísticos (óbvio!) e não ficámos desiludidos.

Passeio ao pé do rio

Torre do Ouro

Praça de Roma

Catedral

Catedral

Giralda


Bem, acho que metade do país teve a mesma ideia que nós porque tanto a cidade de Sevilha, como a Isla Magica estavam recheadas de portugueses. Em especial na Isla Magica, nem vou comentar a fauna que para lá vi, pois nunca mais saía daqui e provavelmente ia receber muito hate mail, mas acho que melhor que as atracções que por lá havia, só mesmo o pessoal que lá estava e as vestimentas que levavam. Eu sei que não vamos com as nossas melhores roupas para um parque de diversões, mas t-shirts a mostrar a pança de vinho ou leggings transparentes com cuecas da avó em tons neon...acho que há mínimos dos mínimos que não foram lá muito respeitados naquele parque. Além dos putos espanhóis que são a coisa mais irritante à face do planeta Terra e arredores e que, não sei porquê, acham por bem dar pontapés aos pais e esses, por sua vez, acham muita piada à energia dos filhos. Sim...vi mais que três famílias espanholas onde os filhos estavam a dar pontapés nos pais e eles a rirem-se. Eu que não tenho filhos, mas hei-de ter, só pensei que se algum puto com o meu ADN me fizesse isso levava a maior lambada na cara da vida dele que ficava com um formigueiro na bochecha o resto do dia. Mas isso sou eu...devo ser demasiado antiquada nestas coisas por achar mal filhos com menos de uma década a baterem nos pais. Ou com que idade for...Whatever!

Enfim...excepto as vestimentas dignas da feira do relógio que por lá vi e dos putos sociopatas, andei em quase todas as atracções (excepto aquelas em que não cabia porque eram para putos até aos 4 anos) e gostei. Não sou muito fã de montanhas-russas e afins, mas quando vou a este tipo de sítios acabo por alinhar na coisa e lá vou eu, ainda que borrada de medo!). Mas em minha defesa, tenho de dizer que a montanha russa da Isla Magica não é pêra doce...até o homem ficou mal disposto depois da viagem. Acho que no minuto de viagem que aquilo dura estamos 10 segundos na posição normal e os restantes de cabeça para baixo, às voltas e a rodar para todos os lados. Não é aconselhável enfardar muito ao pequeno-almoço antes de ir para lá...fica o meu conselho!





Como já devem ter percebido, foram uns dias muito bem passados, onde andei imenso (e ganhei duas bolhas nos pés...very nice!), fez sol e calor, comi mais tapas do que aquilo que gostava de admitir e, mais importante de tudo, namorei muito!! Yeeeeeeee!!! :)

É sexta-feira...yeee!

sexta-feira, 7 de junho de 2013


Hoje é sexta-feira...yeee!! Eu e o homem fazemos anos de namoro...yeee!! Vamos jantar fora e tal...yee!! Está a chover e frio...damn! Quero muito este chapéu de chuva...yeee!!!

Limites!

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Tenho andado a rever a série Sexo e a Cidade que está a passar na Fox Life. Adoro a série e não me custa nada rever alguns episódios...uhuh! E estava agora mesmo a ver um episódio, aquele em que a Miranda namora com uma gajo loiro de óculos e que decidiu, uma bela manhã, enquanto ela lavava os dentes, ir fazer o seu xixizinho...com ela ao lado!

Acho que a parte da casa-de-banho deve ser o tema tabu de muitos casais e o momento de maior terror na relação, especialmente para aqueles com relações longas. Eu percebo aquela coisa de querer guardar as partes fisiológicas de cada um para si, mas também não é preciso um alerta vermelho sempre que um quer ir à casa de banho fazer seja o que for. Parece-me que é tudo uma questão de bom senso...o que eu sei que falta a muita gente por este mundo fora.



É verdade, também, que o nível de tolerância a estas questões varia consideravelmente de pessoa para pessoa. Tenho amigos que não se incomodam com portas de casa de banho abertas, de fazer xixi enquanto o outro está a cortar as unhas dos pés no bidé, de dar um arroto à mesa ou, até, com um eventual traque na cama, mas tenho outros amigos que se ouvissem o parceiro a fazer "plop" enquanto está na casa de banho, de porta fechada, acabavam o namoro na hora e iam fazer terapia.

Novamente...quer-se bom senso! Para mim, não é o Apocalipse se algo do género acontecer, mas também não se pode aceitar como normal e comum. Senão corremos o risco de abrir as portas para uma vida de cholé e flatulência e isso é que não pode ser, meus amigos!

Felizmente não tenho esses dramas com o homem porque ele tem mais pavor a isso tudo que eu. Acho que se ele tivesse uma experiência similar à da Miranda, o mais provável era sair porta fora, chocado e em negação do que tinha acabado de vivenciar. Mas ele também tem sorte porque eu faço as minhas coisinhas em privado e em silêncio, por isso está tudo bem!

Mas não deixa de ser um assunto tabu e que incomoda. Daí que é sempre um stress quando vamos viajar e temos de partilhar uma casa de banho. É que o meu organismo não sabe que estou em modo "date romântico" e, eventualmente, tenho de ir fazer as minhas coisinhas. Tenho é de fazer de maneira a que o homem não repare, o que dá muito mais trabalho do que nos vermos livre de um cadáver e acaba por ser extenuante.

Em suma, por um lado queremos evitar que o nosso parceiro tenha de viver com a parte fisiológica da nossa vida, mas por outro dá muito trabalho esconder tudo sem deixar qualquer vestígio. Isto a longo prazo...é possível ou, eventualmente, lá nos vamos descair? Tenho algum receio disso, admito!

De qualquer forma, mesmo que a minha percepção destas coisas venha a mudar, há limites para tudo e, tal como a Miranda, há coisas que nunca vou estar disposta a tolerar.



Campanha Anti-Leite?

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Ultimamente oiço imensa gente a falar das consequências negativas que a ingestão de leite traz para o nosso organismo adulto. Até o homem me disse para parar de beber leite porque quem deve beber leite são os bébés e crianças e não os adultos. E que não devemos beber leite de outras espécies que não a nossa, ou seja, ou andamos aí a beber leite materno, mesmo que tenhamos 40 anos, ou é melhor banir o leite de vaca da lista de compras lá de casa!

De facto, já ouvi (e li) argumentos contra a ingestão de leite de vaca como por exemplo: o leite está cheio de hormonas artificiais por causa da maneira como as vacas são criadas;os adultos não precisam de leite, muito menos de outra espécie;não ficamos sem cálcio se não bebermos leite; o leite tem imensa gordura e tantas calorias como um refrigerante, etc.

Pronto...conseguiram convencer-me a reduzir a ingestão de leite ao mínimo (até porque também me disseram que faz retenção de líquidos e engorda e isso é que não, meus amigos!), mas convenhamos...banir por completo o leite? Então e o meu leite com chocolate ou o meu galãozinho? E como cereais com quê? chá? Sejamos moderados sff! Existem inúmeras coisas que nos fazem mal e ingerimos à mesma. Não vejo ninguém com campanhas anti-coca-cola ou anti-batata frita ou anti-manteiga. Relax people!

E podemos sempre tentar trocar o leite de vaca por leite de soja ou wtv...no meu caso é um bocado complicado porque o leite de soja branco dá-me vómitos, mas estou disposta a usá-lo nos batidos e misturado com café ou chocolate em pó. Pode ser que se safe!

De qualquer forma, não estou psicologicamente preparada para abandonar, por completo e a seco, a ingestão de leite. Sinto-me uma viciada em recuperação e não gosto da sensação, mas ando a reduzir e isso é que interessa. A ver se noto alguma diferença...!






É muito isso!

terça-feira, 4 de junho de 2013


I`m a Dexterette

terça-feira, 4 de junho de 2013

Desde sempre que sou fãzérrima do Dexter!  Aqui tenho de agradecer ao homem, uma vez que foi ele que me mostrou a série que, na altura, já ia para a 5ª temporada e proporcionou-me o prazer de ver montes de episódios seguidos...uhuhuh! :)

A esta altura já devem achar - e bem - que sou uma papa-séries. Mas uma papa-séries de qualidade, atenção! Não vejo séries da tanga...só coisas de qualidade. E o Dexter é uma série espectacular. Sim, põe em causa a nossa ideia pré-concebida do que é certo e do que é errado, do bem e do mal, do justo e do injusto e mexe com a consciência penal de cada um, mas é por isso, também, que é uma grande série e que vale a pena ser vista.


E a série está a chegar ao fim. A 8º temporada é a última de todas e começa dia 30 de Junho! Promete ser polémica! Há todo o tipo de cenários finais hipotéticos para o Dexter a correr pela net - que morre, que mata a Debra ou que ela o mata, que é apanhado e preso ou que foge para uma ilha deserta, etc. Sinceramente ainda não sei bem o que prefiro, mas acho que, por agora, prefiro que não aconteça nenhuma dessas hipóteses.


Ao contrário de muitos, sempre adorei a Debra (a irmã adoptiva do Dexter). Acho que me revejo um bocado nela, na parte de ser impulsiva e dizer tudo o que lhe vem à cabeça de forma honesta e transparente. Mas a parte que mais gosto nela é o carinho e devoção que ela tem ao irmão, à única família que lhe resta. E nesta última temporada, quando ela descobre quem o Dexter realmente é, é a prova das provas para ela, sendo que ela se ressente por encobrir os crimes do irmão, mas também não consegue deixar de querer protegê-lo. Acho que qualquer um consegue compreender o lado dela...por um lado é o irmão com quem ela cresceu e que ela adora e admira....por outro lado é um serial-killer e ela é Tenente na Brigada de Homícidios de Miami. Well...

Nesta última temporada não se sabe bem o que a Debra vai fazer em relação ao Dexter - se calhar mata-o mesmo, o que me ia deixar um bocado escandalizada, mas wtv - mas conseguimos ver que ela está a morrer aos poucos e a ficar cada vez mais desequilibrada emocionalmente, pois está a abdicar de tudo o que acredita e nas suas convicções para salvar a pele do irmão.

Bem, eu podia ficar aqui a falar non-stop de tudo o que gosto na série, mas não dá. Talvez quando a série oficialmente acabar, venha cá mandar as minhas postas de pescada.

Por agora, fiquem com o trailer da última temporada.







Antes de irem embora...apostas para o final da season? Quem é que acha que o Dexter morre? Ou que fim é que acham que a série vai ter? Contem-me o que vos vai na cabeça...quero saber tudo!

Proudly designed by Mlekoshi pixel perfect web designs