The Genographic Project

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Já ouviram falar do Genographic Project da National Geographic? Ora vejam,



Segundo a explicação oficial do site, este projecto resume-me a:

«Since its launch in 2005, National Geographic’s Genographic Project has used advanced DNA analysis and worked with indigenous communities to help answer fundamental questions about where humans originated and how we came to populate the Earth. Now, cutting-edge technology is enabling us to shine a powerful new light on our collective past. By participating in the latest phase of this real-time scientific project, you can learn more about yourself than you ever thought possible. You will also help support the Genographic Legacy Fund, which works to conserve and revitalize indigenous cultures around the world.»

Pronto, basicamente se comprarmos o kit deles (que custa cerca de 150€ + portes) e fornecermos o nosso ADN na cotonete que nos enviam e devolvermos, estamos  a contribuir para a ciência e conseguimos saber, com a maior precisão actualmente disponível, a origem dos nossos antepassados. 

A ideia de saber a origem do meu ADN, se os meus antepassados vieram da Ásia ou de África ou sabe-se lá de onde...é certamente interessante. Mas a parte dos 150€ e a parte de estar a fornecer, a meu custo pessoal, o meu ADN a uma entidade científica americana que, com este projecto, está a criar a maior base de dados de ADN do mundo (ou a tentar, pelo menos), não me agrada minimamente.

Além disso, já li várias críticas a este projecto, a dizer que é tudo uma grande treta e que eles nos enviam um relatório standard a dizer que os nossos antepassados são dali ou de acolá só para nos calarem, mas que aquilo não tem sustentação científica nenhuma. Não faço a mínima ideia de será bem assim, até porque a NG sempre me transmitiu confiança nas suas descobertas e estudos científicos, mas não deixa de me colocar com um pé atrás.

Por um lado, a minha curiosidade leva-me a querer participar neste projecto, mas por outro lado tenho os meus receios. Portanto, e em suma, por agora, acho que vou ficar quietinha até ter mais informações fidedignas sobre este projecto. Well...

E vocês? Já alguém ouviu falar disto? Já alguém experimentou? Contem-me tudo e não omitam nada!!!

Sem comentários:

Proudly designed by Mlekoshi pixel perfect web designs