O plano da Disney para arruinar as minhas memórias de infância

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Então é assim, minha gente, boas notícias: a Disney vai reeditar o meu filme favorito da Disney - A Pequena Sereia e vamos ter imensos bónus e bla bla bla! Até aí...super feliz e empolgada com isso tudo!

Mas não corram já para a banheira para fazer a vossa imitação da Ariel a cantar no seu rochedo, enquanto os seus cabelos vermelhos perfeitos ondulam ao sabor da maresia e admira, apaixonadamente, o seu príncipe Eric (sim..eu imitava a Ariel no banho...quem não o fazia?!).

Pois muito bem, a Disney decidiu que sentar o rabo numa cadeira de cinema e levar as criancinhas a ver um filme de 90 minutos é coisa da pré-história. Toca a sacar dos Ipads e a "participar" na história. Se neste momento estão a pensar "oi? ouvi bem? participar na história?ipad? wtf?", pois...eu também fiquei assim.

Fica aqui a explicação oficial:



Se estão de boca aberta com tamanha imbecilidade por parte da Disney...Parabéns! Juntem-se ao clube! É que, pelos vistos, caminhamos para um mundo onde quem não tem ipad, além de ser info-excluido é disney-excluido. A Disney, pensava eu, faz filmes para crianças (e adultos) verem, mas se os pais não vão a correr comprar um ipad aos filhos para eles irem ao cinema brincar aos joguinhos virtuais enquanto o filme dá em vez de verem aquela merda em silêncio como qualquer ser humano normal, então essas crianças são disney-excluidas...não podem participar, não são cá da malta moderna que não vê filmes, mas joga enquanto o filme passa naquele ecrã gigante. Porque convenhamos, é muiiiiiiiiito mais fixe olhar para o ecrãzinho do ipad ao mesmo tempo que se pagou bilhete para ver o filme no ecrã do cinema. Enfim...!

Acho que pior ideia que esta é impossível! Bem pior que a decisão da Britney Spears de rapar o cabelo ou da Nicole Richie de pintar o cabelo de branco. Isto é bem pior que meter vinagre na sopa ou tentar deitar um penso higiénico pela sanita abaixo. PIOR IDEIA DE SEMPRE!
A Disney deve estar com os copos e quer destruir as minhas memórias de infância. Eu já cá andava em pulgas à espera que a nova edição do filme saísse para ir comprar, apesar de odiar de morte a versão portuguesa do filme e agora sou um poço de desilusões. Enfim, mas já ouviram a Anabela a cantar a música da gruta da Ariel? ME-DO! MUITO ME-DO! A porra da letra não faz sentido nenhum e gostava de saber que criança com menos de 6 anos é que consegue replicar "que mais quererás?". Eu gostava de ouvir...! E a parte "geringonças já tenho a potes, há cá isto...e isto...e mais...geringonças que tais, são aos lotes!" MAS QUE MERDA É ESTA? ISTO NÃO FAZ PORRA DE SENTIDO NENHUM! SOCORRO!





Ora, quem, como eu, cresceu a ouvir a Ariel a cantar em português do Brasil, sabe que essa é a versão perfeita (sim, sim...sei que não estou a ser muito nacionalista, mas temos de ser justos...a versão portuguesa é uma grandessísima MERDA!).



E pronto, estou indignada...primeiro assassinam a versão do filme e agora a Disney, armada em moderna, não só torna a experiência de ver um filme como este numa palhaça em 90 minutos, torna-se a bully nº 1 das crianças no mundo que não têm dinheiro para entrar nestas merdas, mesmo que quisessem muito.

RIDÍCULO!!!!

Sem comentários:

Proudly designed by Mlekoshi pixel perfect web designs