Coisas que me enervam e dão comichão #2

domingo, 14 de abril de 2013

1) Idiotas com música aos berros no carro:

Aposto que não sou a única que já teve a infelicidade de estar a passear pela rua e assistir a um bimbo qualquer a passar com a sua viatura automóvel, de vidro aberto e com música aos berros.

É que eu penso..."WTF? Quem é que quer ouvir essa merda? Fecha a porra do vidro!". É a mesma coisa que aqueles bimbos que andam na rua com as cuecas à mostra..."epah, ninguém quer ver essa trampa...puxa-me isso pra cima sff!". Acho que não é pedir muito! Tal como não é pedir muito passear pela rua sem ser bombardeada com foleiradas da rádio pimba, kizombadas ou rap`s imperceptíveis aos berros. 

É assim, acho muito bem que se oiça música no carro - eu oiço, e com o volume alto e até gosto de cantar - mas não abro o vidro para que as outras pessoas na rua, ou no trânsito, tenham de gramar com os meus gostos musicais (que não incluem música pimba ou kizombas, by the way). Ninguém tem de me aturar nem aos meus gostos e acho que é o mínimo de civismo que eu também não tenha de aturar os gostos musicais dos outros. 

Não percebo o objectivo dessas pessoas, muito sinceramente. É para "dar pausa", estilo "checa só dama como eu sou cool e dou ganda pausa com este som...yeaaahhh"? Não dão, nenhuma! Só fazem figuras tristes e enervam os outros.
É porque estão com calor e abrem o vidro? Liguem o AC!
É porque acham que as pessoas gostam de ouvir música enquanto passeiam? NÃO ESSA TRAMPA! Eu gosto de andar com o meu ipod atrás e ouvir as MINHAS músicas sem ser assoberbada por música tramposa que se sobrepõe à minha porque, pura e simplesmente, está aos berros no meio da rua, a chamar à atenção de toda a gente, pelos piores motivos possíveis.

Realmente, deve ser falta de atenção que leva esta gente a fazer estas figuras em público. Só pode! Ou então são surdos e não têm noção nenhuma que estão a incomodar o mundo inteiro! Quando me cruzo com essa gente só me apetece pegar numa pedra da calçada e atirar-lhes contra o vidro do carro! IRRA!


2) Linhas de apoio ao cliente:


Esta deve ser universal. Não conheço uma alma à face desta Terra que diga bem de serviços de apoio a clientes, nem do tempo de espera que levam a resolver os seus problemas.

Eu sou, por natureza, uma pessoa impaciente, mas acho que até me aguento muito bem quando tenho de lidar com estas situações. Ora, às vezes - e acontece a todos - tenho de ligar para a companhia da luz, ou para o serviço de internet ou seja lá o que for, porque tenho um problema que preciso de ver resolvido.

Ao invés disso, o que tenho de aturar, a maioria das vezes, é com uma musiquinha irritante - non stop - que dura, e dura, e duraaaaaaaa e damos por nós há 30 minutos à espera que uma alma do outro lado da linha tenha o obséquio de atender a nossa chamada.





É verdade que também há situações em que o atendimento é quase imediato e bastante eficiente, mas não são a maioria das vezes...de todo! Pelo menos comigo (posso ter azar nestas coisas).

Basicamente fico séculos à espera, a levar com as radiações do telefone no cérebro e a aumentar as minhas probabilidades de apanhar cancro para resolver um assunto qualquer que, muitas vezes, é provocado pela própria fornecedora do serviço. E, pior de tudo, algumas têm a lata de cobrar pela chamada....ao que eu, quando FINALMENTE sou atendida digo logo que quero ser ressarcida pelo valor que me estão a cobrar duma chamada que demoraram meia hora a atender (e o que sempre aconteceu, pelo menos).

Eu tenho um bocado mau feitio e nestas coisas não perdoo. Era o que mais me faltava estar a ser mal servida e ainda ter de pagar para me resolverem um problema que não foi causado por mim. É claro que as pessoas que me atendem (passada aquela eternidade na fila de espera com a musiquinha irritante) não têm culpa do meu estado de humor, mas eu também não tenho culpa. Lamento!

Agora, não ajuda nada, passado aquele tempo todo de espera, eu despejar os meus dados pessoais todos mais a história do drama em causa e depois ouvir "então aguarde sff que vou reencaminhar a sua chamada para o departamento bla bla bla para resolverem o seu problema"....WTF!!!!!!!! Só me apetece partir o telefone e gritar! Não podia ter feito logo isso? Se eu disse, logo no inicio "não consigo aceder ao meu email"...porque é que só passados 25 minutos é que reencaminham a trampa da chamada para os colegas do apoio informático? Enfim...!



E depois, quando sou atendida pelo novo departamento...tenho de debitar a historieta toda de novo e os dados e sabe-se lá mais o quê, como um autêntico papagaio! Não há paxorra pra esta merda! Que nervos que apanho!



Mas também já aconteceu de, depois de me reencaminharem não sei para onde e repetir a mesma história a 2 ou 3 pessoas diferentes, no fim, me dizerem "ah esta linha é para clientes azuis e você é cliente branca e por isso tem de ligar antes para este número". Epah...eu devo ser mesmo muita estúpida e burra para não perceber para qual dos 10 números de apoio ao cliente é que devo ligar para resolver o meu problema, mas tenham lá calma comigo e digam-me isso logo de inicio e não esperem até ao fim de eu gastar o meu latim para o fazerem...obrigadinha!

Credo...ca nervos!

1 comentário:

Marta Martins disse...

Adorei o post !

Proudly designed by Mlekoshi pixel perfect web designs